Pesquisar

Brasil conta com vilas exclusivas para idosos

Categoria: Variedades
on 28 Janeiro 2015

Moradia digna é um direito, mas nem por isso prerrogativa de fácil acesso por parte dos idosos. Nos últimos anos, os governos Estadual e Federal

ultrapassaram o mínimo de 3% de residências entregues a este público em programas habitacionais, o exigido pelo Estatuto do Idoso. Os números, contudo, ainda se mostram insuficientes para atender a um segmento que cresce ano a ano e demanda soluções alternativas, como a construção de condomínios exclusivos para a Terceira Idade. 

Mesmo assim, casa ampla e adaptada às necessidades dos idosos, com locais de caminhadas e ginástica, um núcleo de assistência à saúde, estão se multiplicando pelo país.

O governo da Paraíba criou o condomínio Cidade Madura, que conta com casas de 54 m² adaptadas, num espaço que conta com, pista de caminhada, academia ao ar livre e campo de futebol. 

Em São Paulo a prefeitura criou a Vila dos Idosos, condomínio com 145 apartamentos, que possui jardim, biblioteca e cancha de bocha.

As moradias geralmente são de custo baixo, em São Paulo, a maioria paga 25% do seu salário, mais despesas de água, luz e condomínio. 

Na Paraíba, os idosos pagam apenas as despesas referente à utilização do imóvel.

Em Santa Tereza de Itaipu, no Paraná, as unidades habitacionais são cedidas em forma de comodato e o idoso ganha a casa e não tem despesa.

Em todos os casos a concessão é reincidida caso o idoso manifeste interesse ou quando há perda de autonomia ou falecimento, sendo o imóvel cedido para outro idoso.

Esta é uma ideia que está se multiplicando, mas não custa dar um empurrãozinho. Basta juntar um grupo e pressionar os órgãos públicos.

Lei há.